Posts

Aprender a pintar só é impossível se você não tentar

Na nossa imaginação as coisas parecem ser mais difíceis do que realmente são. Talvez isso seja um mecanismo de defesa, que garante que nós não nos decepcionaremos se por acaso o resultado final não for exatamente o que nós esperávamos. Mas o que adianta permanecer no mesmo lugar, sem realizar um sonho, sem dar o primeiro passo e viver para sempre se questionando “e se?”?

E se você tivesse começado a aprender a pintar mais cedo? E se você tivesse realizado o seu sonho antes? Enfim… são pensamentos que assombram, mas não há como mudar o passado. No entanto, você pode se movimentar agora, para que no futuro você se sinta confortável com as suas escolhas e tenha orgulho do que fez.

Aprender a pintar não é impossível, todo mundo começa do zero. Um grande artista não nasce pronto e é preciso dedicação, esforço e estudo para se tornar um. Um ser humano não nasce aprendendo a andar, não é? Antes de levantar e sair caminhando por aí, é por passo a passo que aprendemos a andar. Algumas vezes caímos, mas nos levantamos e continuamos tentando, até que nos sentimos firmes para andar e correr. E em qualquer atividade a dinâmica é a mesma. Você aprende os princípios básicos, as estratégias iniciais para depois se tornar um expert no assunto.

Além disso, para aprender a pintar não é necessário ter dom. Eu já falei isso muitas vezes, mas sempre gosto de repetir, você será bom naquilo que você treinar, praticar e se dedicar. Por isso, é importante que você tenha ajuda de um profissional que te ensine as técnicas certas, com fácil compreensão, de forma prática e simples

Muitas pessoas querem aprender a pintar para se tornar profissionais e vender suas obras, outras apenas querem exercitar uma paixão e praticar um hobby, todas as possibilidades são ótimas e proporcionam momentos de felicidade e orgulho em nós mesmos!

A arte da pintura em tela além de equilibrar as emoções, estimular a memória, relaxar, esquecer os seus problemas e estimular a sua criatividade, pode fazer você se abrir para um mundo novo, se tornar uma renda extra ou até o principal meio de você ganhar a vida. São muitas oportunidades que essa linda e apaixonante arte pode trazer para você!

E dependendo da sua força de vontade e dedicação, aprender pode não demorar muito. Se você dedicar algumas horas por semana para exercitar e aplicar o método assertivo, você aprenderá muito rápido, eu posso garantir isso, pois sou professor há muitos anos e já ajudei diversas pessoas a alcançarem seus objetivos.

 

pintura-em-tela-costerus-blog-prof-costerus-aprender-é-fácil

 

Uma coisa eu tenho certeza: depois de fazer o curso Iniciando como Artista você terá perdido o medo e vai começar a pintar as suas telas com muita segurança, pois você vai ter aprendido, desenvolvido a sua criatividade e treinado bastante. Não precisará mais ficar imitando outros artistas e outras obras, fará você mesmo as suas próprias pinturas em tela! Top, né?

Aprender a pintar só é impossível se você não tentar! Se a sua vontade é se tornar um artista de verdade, pintar lindas telas, ter orgulho de mostrar suas obras para amigos, familiares ou até expor, é necessário você dar o primeiro passo e treinar antes. Por isso eu te convido para conhecer o curso Iniciando como Artista! Clique aqui para aprender a pintar lindas telas, direto da sua casa, com todo meu apoio para você virar um grande artista!

Você sabe limpar seus pincéis corretamente?

Cuidar dos seus pincéis é fundamental, afinal eles são o meio pelo qual você expressa a sua criatividade em tela, não é? Mas você sabe como fazer a limpeza deles sem estragar as cerdas? Então vem comigo e confira essas dicas que eu vou te passar! 

Aprender a limpar os seus instrumentos de trabalho ajudará não só na organização, mas também na economia de materiais. Isso porque se você souber a forma correta de cuidar dos pincéis, você não precisará ficar comprando novos em pouco tempo.

Quem exerce a atividade com mais frequência e pinta bastante normalmente investe em um material bom, de qualidade e possui mais de um modelo de pincel, por isso é importante manter uma vida útil destes objetos em alta, para não acabar gastando dinheiro desnecessariamente. 

Assim como cada modelo tem suas características e cuidados específicos, a tinta usada também tem influência na forma de limpá-los, fazendo com que a durabilidade seja maior.

 

pintura-em-tela-costerus-blog-lavar-pinceis

 

Se você tiver utilizado a tinta a óleo é necessário limpar com qualquer solvente até retirar toda a tinta. Eu sempre indico utilizar o querosene, que é um pouco mais leve e estraga menos o seu material. Não adianta passar apenas sabão, pois dá uma falsa sensação de limpeza. Após lavar bem no querosene, enxugue bem e com cuidado, aí então você pode passar detergente líquido.

Se a tinta que você tiver usado for à base de água, a melhor forma de lavá-lo é apenas com sabão e água. Neste caso pode ser utilizado o detergente, shampoo ou sabonete líquido

Mergulhe o pincel nos produtos e faça movimentos circulares até a tinta soltar, enquanto a água estiver saindo colorida, continue lavando. Tenha cuidado ao enxaguar e secar e não utilize água quente, pois pode danificar as cerdas. Tire o excesso de água com um pano delicado ou papel toalha e deixe secá-los naturalmente

No meu canal do Youtube eu já fiz alguns vídeos explicando melhor como realizar a limpeza dos seus materiais, clique no link para ver:

Outra dica muito importante: NÃO DEIXE A TINTA SECAR NO PINCEL! Você não deve, de jeito nenhum, esperar o pincel secar para lavar. Inclusive, na tinta acrílica, se isso acontecer, você pode jogá-lo fora

Ficou com alguma dúvida sobre o assunto? Me siga no Instagram e comente lá ou me mande uma mensagem falando qual a sua dúvida ou se as dicas de limpeza deram certo! 

Ah, muleeeke! Mas para limpar o seu pincel, primeiro você precisa sujá-lo, não é mesmo? Então vem pintar junto comigo e aprender as técnicas para se tornar um grande artista. No curso Iniciando como Artista, você vai aprender a pintar lindas telas e terá muito orgulho de mostrar suas obras para todo mundo! Clique aqui e se inscreva no curso, para junto comigo aprender a pintar direto da sua casa!

Nada é impossível se você tem foco

Tem vezes que nos bate um desânimo, parece que o caminho para alcançar nossos objetivos são mais longos do que esperávamos e vem aquela sensação de que é melhor deixar para outra hora ou até mesmo desistir, não é?

Final de ano é normal colocarmos na balança tudo o que fizemos e deixamos de fazer durante esses 365 dias que passaram e quando percebemos que mais uma vez não realizamos alguma meta, a tristeza bate e vem aquele pensamento intruso: se não deu certo agora, por que continuar insistindo?

pintura-em-tela-costerus-blog-Enrique-Serra-Auque-Vendedora-Laranja

A Vendedora de Laranja, de Enric Serra Auqué (1908)

Mas você precisa entender que todas as pessoas, mesmo enfrentando grandes dificuldades, podem alcançar seus sonhos e conquistar o mundo!

Você tem esse sonho de pintar sobre telas, mas o desânimo fica rondando. Você já comprou vários materiais, testou fazer sozinho e não deu certo. No fim você só gastou dinheiro, não gostou do seu trabalho e pensou ‘isso não é pra mim’.

O que realmente importa é você dar um passo adiante, conquistar aos poucos, etapa por etapa. Assim, os dias vão passando e aquele pensamento impostor vai ficando para trás e a sua vontade de melhorar vai aumentando. Quando vier aquele desânimo de novo, você vai ter avançado tanto, que a sua vontade de continuar querendo realizar o seu sonho não irá embora.

Eu também já passei por isso. Quando eu comecei a pintar, eu pensei em desistir por achar que não daria certo e que eu não tinha o dom, mas eu continuei e cheguei aqui onde eu estou hoje, ensinando muitos alunos e trabalhando com o que me faz feliz todos os dias! 

Deixa eu te dar um conselho: hoje não é dia de desistir, e sim de fazer um movimento diferente, de continuar adiante e de acreditar em si mesmo!

Hoje é o dia de dar o primeiro passo para realizar o seu sonho através das tintas e pincéis, de pintar a alegria na tela em branco e aumentar a sua autoestima! É isso o que a pintura faz na vida das pessoas, ela deixa um sorriso colorido na alma

No entanto, é preciso abandonar esse sentimento de incapacidade, deixar o desânimo para trás e acreditar em você mesmo!

Você quer continuar a trilhar esse caminho rumo à felicidade? Eu tenho o mapa para te ajudar a chegar lá: clique aqui para conhecer o curso Iniciando como Artista, onde você vai aprender direto da sua casa tudo o que é preciso para virar um grande artista!

Por que é tão difícil sair da inércia?

Você é o tipo de pessoa que sabe exatamente o que quer e o que é preciso para alcançar o seu objetivo, mas mesmo assim tem dificuldade em dar o primeiro passo para tirar o plano do pensamento?

Tudo o que envolve transformações na vida faz o cérebro entrar em modo de defesa, por isso começa a procrastinação. Você começa a ter medo da mudança, da incerteza e do fracasso

Você tem a sensação de incapacidade e por isso prefere conviver com aquela ideia impostora de que não irá conseguir do que realmente correr algum risco e ter êxito nessa tentativa?

O medo da mudança nos faz auto sabotar, pois há essa necessidade de permanecermos na inércia, porque ainda que a situação atual não seja boa, não há surpresas, já sabemos o que esperar dela, não é?

É normal que as pessoas adiem o início de uma atividade nova em razão dessa falsa sensação de que há um dia certo para isso acontecer. Tenho certeza que você já disse aquela famosa frase: “na segunda-feira eu começo”. 

Mas chegou a segunda-feira, chegou a semana seguinte, o próximo mês, final do ano e você ainda está esperando o dia perfeito.

pintura-em-tela-costerus-blog-arte-sair-da-inercia-pintar

O dia perfeito não existe! É preciso ter coragem e agir apesar desse medo. Quando você dá o primeiro passo, seus hábitos mudam. Mas se permanecer onde está, sua vida não vai se movimentar e você não alcançará seus objetivos

Você até pode fazer a escolha de permanecer na zona de conforto e se acomodar com tudo como está, com essa situação “segura”, porém você será feliz dessa forma?

Você estará satisfeito com a sua vida mesmo sem realizar os seus sonhos

Muitos alunos, quando começaram as minhas aulas de pintura, me disseram que tinham medo de fracassar, de não conseguir desenhar e pintar uma tela, por isso não haviam se arriscado antes. Por um tempo, eles encontram razões para adiar: falta de tempo, falta de apoio da família, entre outras… No entanto, conseguiram se livrar do pensamento impostor e hoje estão realizados com o que aprenderam

Você pode continuar arranjando desculpas, mas o tempo irá passar de qualquer forma e você vai permanecer como está por causa de incertezas e inseguranças?

Assuma o comando na trajetória da sua vida, imagine o que você irá ganhar se der o primeiro passo hoje! Tente visualizar como será o seu futuro com o seu objetivo realizado! Top, né?

E eu vou te contar um segredo: O importante é começar, para então sentir a emoção de ter conseguido chegar lá! A motivação vem depois que damos início ao projeto de tanto queremos! 

Lembre-se que cada vez que você adiar, o sentimento de incapacidade vai aumentar. O importante é agir para alcançar o que você deseja e se o seu sonho é ser um artista plástico e pintar telas, eu vou te contar outro segredo: eu sei a estratégia certa para você conseguir, sem dúvida e sem medo!

Clique aqui e conheça meus cursos online!

O mais difícil é começar, depois tudo acontece naturalmente e vai se encaixando no lugar certo! 

Sua vida está esperando por você, então dê o pontapé inicial rumo à sua felicidade!

 

As versões de O Grito, de Edvard Munch

Olá, gente! Professor Costerus aqui!

Hoje eu vim aqui contar uma curiosidade para vocês. O quadro O Grito, de Edvard Munch, famosa obra em que o artista transmite sentimentos de medo, solidão, ansiedade e angústia, na verdade, possui 4 versões.  

Essa obra foi exposta pela primeira vez em 1903 e fazia parte de um conjunto de seis peças intituladas Amor. A ideia do artista era representar as várias fases de um caso amoroso, desde o fascínio inicial até a ruptura traumática, a qual era representado pelo O Grito.

No entanto, a recepção pela crítica não foi boa e o conjunto foi classificado como arte demente. Mas a reação do público foi antagônica e tornou-se motivo de sensação.

A versão mais conhecida da obra, mede 91 x 73,5, pintada em 1893, com tinta a óleo, têmpera e giz pastel sobre cartão e atualmente se encontra na Galeria Nacional de Oslo, na Noruega.

pintura-em-tela-costerus-blog-grito-versao-famosa

 

Outra versão dessa obra, também datada de 1893, é menos detalhada e desenhada com lápis de cor e também está localizada na Galeria Nacional de Oslo. É possível ver alguns detalhes que o artista alterou, como a ausência de barcos e a mudança na postura da pessoa ao fundo, que aqui encontra-se de lado, olhando a paisagem.

 

Em 1895 o artista fez uma versão em pastel sobre cartão e também há diversas alterações na imagem, como por exemplo, um homem está apoiado na ponte, como se estivesse lamentando, e o outro está analisando a paisagem. Há apenas um barco nessa imagem.  Essa obra pertencia a uma coleção particular e em 2012 tornou-se a obra mais cara arrematada em um leilão, vendida por US$ 119,9 milhões.

 

A versão de 1910 foi feita em têmpera sobre cartão e também estava na Galeria Nacional de Oslo. No entanto, ela foi roubada em 2004 e recuperada, em 2006, com danos irreparáveis, segundo os especialistas.

pintura-em-tela-costerus-blog-grito-terceira-versao

 

Recentemente essa obra teve mais um segredo revelado. Isso porque alguns pesquisadores do Museu Nacional da Noruega descobriram que o próprio Edvard Munch deixou uma mensagem no canto superior da tela, com lápis e letras pequenas, que diz: Só pode ter sido pintado por um louco. 

Por muito tempo essa mensagem foi alvo de investigação, pois era vista como um ato de vandalismo pelos apreciadores de arte, mas chegaram a essa conclusão após uma perícia usando tecnologia infravermelha que comparou com notas e cartas de Munch

Acredita-se que a inscrição tenha sido adicionada pelo artista após os comentários críticos na época que questionavam a saúde mental do autor

Gostou da curiosidade?

Acompanhe os vídeos no meu canal do Youtube (Marco Costerus)! 

 

 

 

 

 

Como descobrir e desenvolver o seu estilo na pintura

Se você está com dificuldades para achar o seu estilo na pintura em tela, nesse artigo eu vou te mostrar alguns estilos e ao final te explicar como identificar o seu! 😍

pintura-em-tela-costerus-blog-impressionismo

 

 

 

Bom, começando pelo Impressionismo, o conceito dessa pintura é ao ar livre, pois trabalha em cima de paisagens ou coisas que se vê. É um estilo de pintura que  não usa linhas marcadas, definidas ou bem alinhadas. A proposta é mostrar o perfeito, com uma certa desconstrução, mas sem modificar tanto o cenário.

 

 

 

O Acadêmico é quase hiper-realismo, são pinturas que levam o mínimo detalhe. De perto ou de longe é a mesma coisa de tão impecável. Não existe imperfeição, é uma pintura de como o olho vê, com as mesmas linhas e formas. 

A Naif é considerada uma pintura ingênua ou primitiva, não tem perspectiva. Os desenhos são do mesmo tamanho, não tem luz e sombra, é apenas um tipo de luz na tela toda; bem colorida, que possui grande diversidade, imaginação e criação, tendo uma linguagem pessoal, original e instintiva de expressão.

pintura-em-tela-costerus-blog-cubismo

 

 

 

 

 

O Pontilhismo consiste numa pintura feita com pontos coloridos que estando muito perto uns dos outros, quase não se tem espaços brancos, causando uma visão de cores e efeitos na obra. São muitos pontos minúsculos que devem estar organizados e bem próximos, que deem a impressão de criação de uma cor. 

 

 

 

 

 

pintura-em-tela-costerus-blog-Pontilhismo

 

 

 

 

O Cubismo é uma arte caracterizada pelo uso acentuado de formas geométricas, com mudanças de tons. Assim, elas passam a ser representadas pelos objetos em todos os seus ângulos no mesmo plano, constituindo uma figura em três dimensões. Essa técnica causa uma sensação de pintura escultórica. 

 

 

 

A pintura Abstrata não usa desenho, luz e sombra. É usado uma cor predominante no quadro e seguindo vários tons dessa cor, com movimentações: arredondado, quadrados, pontos, tremendo ou jogando com pincel sem tocar na tela. A pintura Abstrata por mais fácil que pareça, também exige técnicas na utilização da mistura das cores primárias, secundárias e cores complementares.

Sabendo de alguns estilos de pintura, você já pode começar a ter uma ideia do qual se identifica mais, o que mais te agrada, mais te atrai, a sua tendência natural. Se você já pintou algum quadro, olhe para ele e tente identificar para qual lado você está caminhando, onde você está tendo mais facilidade.

Eu já tive alunos no meu curso Iniciando Como Artista que chegaram a pensar em abandonar a pintura, porque o estilo era Acadêmico e estava indo para o lado Impressionista, porque é o que tem mais pessoas pintando. Errado! Não faça aquilo que todo mundo faz, só porque vende mais ou chama mais atenção. Não! A pintura é um sentimento individual e se você pensar no que está na moda, não conseguirá fluir o seu verdadeiro estilo. 

Também não pense que no primeiro quadro você já saberá o seu estilo. Isso leva um pouco mais de tempo, são no mínimo três meses para você descobrir o seu estilo, isso pitando e praticando diariamente.

E tem mais, depois de começar a pintar o estilo que você se identifica no momento, você terá que aprender as técnicas de outros estilos, pois, como você vai saber se a sua tendência é Impressionista se você nunca pintou Impressionismo?

Você até pode se identificar com Cubismo, mas, na hora de colocar a tinta no quadro, você percebe que está indo para o Naif, por exemplo. 

Portanto, primeiro você pintará aquilo que gosta e depois vai observando se os caminhos estão levando a continuar nele ou se está sendo direcionado para outro lado.

É muito importante observar isso! 👀

✅ Acesse o meu canal no Youtube Marco Costerus, lá eu tenho vídeos com dicas para ajudar  você a identificar o seu estilo.

Dicas para pintar flores

Olá pessoal! Professor Costerus aqui. Muitos alunos amam temas como paisagem, retrato e muitos gostam mais ainda de pintar flores. Por isso hoje eu vou trazer aqui, dicas preciosas pra você que tem interesse em se aprofundar na pintura de flores e pra você que já pratica também porque eu tenho certeza que vai te ajudar. 

Pinturas com rosas, margaridas, tulipas, orquídeas, gardênias e lírios são algumas das que mais observamos entre algumas obras, mas você pode começar por qual achar melhor. Escolha a que você quer pintar. Você também pode se basear em alguma foto na hora de pintar, isso vai te ajudar bastante a praticar

Colocando a pintura na tela

Você pode fazer um esboço na tela com o carvão na forma de uma flor bem suave, não precisa saber desenhar. Eu dou uma assopradinha e uma batida com o pincel na tela só pra tirar um pouco do carvão pra não misturar muito.

Dicas_Para_Pintar_Flores_1

É importante separar as tintas que você quer usar. Recomendo muito uma tinta complementar chamado ocre que é uma variação de verde e ajuda bastante na hora de pintar plantas e flores. Mas a cor da flor você que vai escolher. Lembre-se de usar as variações das cores da flor para dar brilho, sombra, para poder ir do mais claro para o mais escuro e dar perspectiva de luz e sombra. Pegue sempre no meio do pincel e só perto da ponta quando for pintar detalhes que exigem um cuidado maior. Lembre-se que o que pinta é o pulso. 

O fundo tem de estar fora de foco. Pois, o que tem que chamar a atenção na tela são as flores. O fundo não pode brigar com o meu centro ótico em hipótese alguma. Para pintar o botão da flor eu gosto de usar o pincel 14 o tamanho dele é bem legal e tem um traço muito bacana. Ah muleque! Pegou essas dicas?

Dicas_Para_Pintar_Flores_2

Pintar flores vai te ajudar bastante a exercitar o seu controle das cores, luz e sombra, perspectiva e só praticando você vai conseguir se aperfeiçoar. Conheça os meus cursos de pintura em tela em que eu ensino mais técnicas e diversos ensinamentos essenciais pra você que quer praticar pintura em tela.

Conheça os meus cursos de pintura em tela a distância para aprender técnicas diferenciadas ou até mesmo aperfeiçoar se você já pinta. Clica aqui!

Se você ainda é iniciante na pintura em tela eu recomendo baixar o meu ebook gratuito “Lista de Materiais para Iniciantes na Pintura em Tela” Ah muleque!

Dicas_Para_Pintar_Flores_3

 

Como escolher molduras para as suas telas?

Oi pessoal! Tudo bem com vocês? Hoje eu vou esclarecer aqui algumas dúvidas sobre molduras. Visto que é um elemento importante na composição final de uma tela e muitas vezes as pessoas fazem escolhas erradas relacionadas a isso. Vou te ajudar a evitar esse tipo de problemas e trazer dicas do mundo das molduras.

Você tem que tomar cuidado ao escolher uma moldura para o seu quadro, porque, ao mesmo tempo que ela pode valorizar, ela pode também desvalorizar o seu quadro. Antes de escolhermos uma moldura, precisamos prestar atenção no acabamento.

como_escolher_molduras_para_as_suas_telas_?_1

Escolhendo a melhor moldura para o seu quadro

Temos molduras clássicas, molduras mais modernas e minimalistas, laqueadas, paspatur, conjugadas. Existe um mundo de molduras, com pesos, tamanhos, espessuras e texturas diferentes. 

Quadros de pintura de paisagem geralmente combinam melhor com molduras de madeira natural, já pinturas mais clássicas ficam boas com molduras de quadros mais provençais. Já as telas com tons quentes combinam com molduras de cores quentes e telas de tons frios com molduras prateadas e em tons semelhantes.

Quando vamos colocar uma moldura num quadro onde possui figura humana ou natureza morta o que eu recomendo é colocar uma moldura mais clássica.

Mas isso não é uma regra. É preciso nos atentarmos também na espessura da moldura em relação ao tamanho do quadro. Não podemos colocar uma moldura muito grande em um quadro muito pequeno. Se for possível você pode ir testando qual moldura fica melhor no quadro isso ajuda a ter várias percepções e ver, qual se encaixa melhor

como_escolher_molduras_para_as_suas_telas_?_2

Quando colocamos uma moldura em um quadro ele deve ficar bonito e harmônico, equilibrado e dar um charme a mais na obra. Por isso devemos tomar muito cuidado com a nossa escolha em relação às molduras. Ah muleque, pegou essas dicas?

Você já conhece os meus cursos de pintura em tela onde eu ensino os primeiros passos para você se tornar um grande artista na pintura em tela? Você vai aprender técnicas valiosas e exclusivas. Clique aqui e saiba mais.

Eu vou deixar aqui também o meu ebook gratuito Lista de Materiais para Iniciantes na Pintura em Tela” para você pegar todos os materiais essenciais antes de começar na pintura em tela!

como_escolher_molduras_para_as_suas_telas_? 3

Qual é o Solvente para Tinta a Óleo?

Olá, professor Costerus aqui! Hoje eu vim trazer pra vocês umas dicas legais de solventes e algumas explicações e diferenças entre eles. 

Os solventes mais usados na pintura em tela com tinta a óleo são o óleo de linhaça e a terebentina. Mas existem outros sendo fabricados constantemente para acelerar o tempo de secagem e até mesmo para dar mais brilho. Os solventes são usados para diluir a tinta a óleo e servem também para limpar os pincéis e as paletas após a sessão de pintura. É recomendável não diluir as tintas a óleo com grande quantidade de terebentina, pois isso faz as cores perderem a aderência na tela. Eu recomendo usar 15% de terebentina com um conta-gotas quando misturar na tinta. A terebentina, evapora bem devagar, e é o solvente com o odor mais forte dos normalmente utilizados por quem pratica pintura em tela.

Sobreposições de Cores

Para fazer um quadro com sobreposição de camadas de cores é interessante colocar a primeira camada de óleo diluída com terebentina para depois finalmente ir acrescentando óleo nas camadas que virão. Dessa maneira a secagem do quadro acontece de dentro para fora do revestimento interior até o exterior. 

Qual_o_solvente_para_tinta_a_oleo_1

Se estiver com dificuldade de encontrar um óleo de linhaça você também pode preparar um óleo aí na sua casa mesmo, usando óleo de girassol e mais algumas coisinhas bem simples. Isso mesmo que você leu, óleo de girassol! Clique aqui para assistir a receita. Ah muleque!

Qual_o_solvente_para_tinta_a_oleo_2

Entender sobre os solventes para a pintura em tela é essencial para o aproveitamento da fluidez das tintas e com isso ter as suas pinturas cada vez mais bonitas e aperfeiçoadas

Quer saber mais sobre os materiais necessários para praticar a pintura em tela? Baixe o meu ebook Lista de Materiais para Iniciantes na Pintura em Tela”

Clique aqui e conheça também os meus cursos de pintura em tela clicando aqui! 

Qual o solvente para tinta a óleo? 3

Desvantagens de Praticar a Pintura em Tela Sozinho

Olá pessoal! Nesse artigo vou esclarecer do porque é importante nos atentarmos e estudarmos a pintura em tela para atingir um grau de profissionalismo e como praticar pintura em tela, sozinho pode ser bem ruim.

Muitas pessoas vêm até a mim, perguntando se é possível realizar a pintura em tela sem estudar, praticar ou se você é autodidata já pode ser um pintor profissional. O que eu posso adiantar é que para se tornar um pintor você terá de estudar bastante. Não adianta ser autodidata, em algum momento terá que se render a alguma aula de pintura em tela para aperfeiçoar e ainda aprender muito mais. Você até pode começar na pintura sendo uma pessoa autodidata, terá provavelmente facilidade com as cores, os traços ou harmonia no início, mas vai precisar praticar e estudar para se aperfeiçoar. Pintura em tela é prática e muita dedicação. Fazer um curso de pintura em tela é importante para você que quer se tornar um artista ou até mesmo praticar a pintura como hobby

A Importância de um professor

 

Outra desvantagem de praticar sozinho é que quando você pratica pintura sem nenhuma base, pode cometer muitos erros e isso é capaz de trazer consequências como atrapalhar os métodos certos para uma pintura bonita. Por isso o auxílio e as explicações de um professor são essenciais para o aprendizado completo na pintura. Os ensinamentos que virão de um mentor são importantes para tudo na pintura em tela desde as dicas com materiais iniciais até a opinião sobre uma mistura de cores que possa ser inadequada, aprender sobre os temas da pintura também é algo vantajoso que virá especialmente de um professor.

Estudar sozinho também pode te desmotivar por não ter a interação e a troca de experiência necessária com quem deseja te ensinar. A presença de um professor tanto online quanto presencialmente são essenciais para continuar te motivando a aprimorar a sua arte constantemente.

Ao imergir na arte ninguém deseja ou espera apresentar algo esteticamente feio. Por isso é importante aprender com quem tem experiência, pois todos os ensinamentos só vão agregar ao seu aprendizado e vai te ajudar cada vez mais e mais. Ah muleque, gostou dessas dicas? Por isso não se esqueça de conhecer os meus cursos de pintura em tela clicando aqui.

Baixe também o meu ebook “Lista de Materiais para Iniciantes na Pintura em Tela” com dicas preciosas de Materiais para começar na pintura em tela. 

Desvantagens_de_praticar_a_pintura_em_tela_sozinho_3