100 anos da Semana de Arte Moderna: você conhece a história do movimento?

Neste ano, comemoramos a centésima edição da Semana de Arte Moderna, movimento que se iniciou em 1922, no Theatro Municipal de São Paulo. Mas, você sabe o que deu origem a esse evento?

Em 1922 artistas e intelectuais ocuparam o Theatro Municipal de São Paulo para discutir o modernismo, movimento de origem europeia que buscava romper os padrões artísticos que eram impostos desde o Renascimento. Eles também tinham o objetivo de trazer o modernismo para a realidade brasileira.

Artistas como Anita Malfatti e Di Cavalcanti, e os escritores Mário de Andrade e Oswald de Andrade foram figuras de destaque durante o evento, que se tornaria um dos momentos mais importantes para a produção artística brasileira do século XX.

A semana, que se seguiu entre os dias 13 e 18 de fevereiro de 1922, ficou marcada por apresentações de dança, música, poesia, exposição de pinturas e esculturas, além de palestras. 

Os artistas buscavam uma renovação social e artística no país, o que acabou chocando parte da população, pois houve um rompimento com a arte acadêmica. 

A “Semana de 22”, como ficou conhecida, contribuiu para o Movimento Modernista no Brasil. Di Cavalcanti classificou o evento como o que seria uma semana de escândalos literários e artísticos, de meter os estribos na barriga da burguesiazinha paulista”.

 

Repercussão e consequências

A manifestação recebeu muitas críticas, não só do meio artístico, mas também da população em geral, que não entendeu a nova proposta e ficou desconfortável com as apresentações. Ficou evidente que o Brasil precisaria de uma preparação para romper com os antigos padrões de arte. Assim, surgiram vários movimentos, manifestos e revistas com a intenção de divulgar a nova proposta. 

Outros acontecimentos culturais se inspiraram na Semana de Arte moderna, como o Tropicalismo e até mesmo a Bossa Nova. A pintora Tarsila do Amaral, que não participou do evento porque estava em Paris, passou a produzir arte moderna após a Semana de 22.

O impacto da primeira Semana de Arte Moderna foi enorme. O movimento redirecionou a arte brasileira e afrontou os antigos padrões estéticos e artísticos, abrindo o caminho para uma produção de arte totalmente revolucionária. 

 

semana-de-arte-moderna-costerus

100 anos de movimento

Este ano, o evento conta com comemorações em locais como a Praça das Artes, além do próprio Theatro Municipal de São Paulo. A cidade anunciou 100 dias de eventos, incluindo diversas apresentações, que já começaram no dia 22/01 e vão até 01/05.

Você pode conferir toda a programação da centésima Semana de Arte Moderna neste link.

Boas comemorações!

 

Já conhece o meu canal no Youtube? Então corre lá e confira os meus vídeos no Marco Costerus!

Quer aprender a pintar telas do jeito certo, desde o começo? Garanta sua vaga no meu curso Iniciando como Artista, lá eu te mostro como pintar lindos quadros sem sair da sua casa!

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.