Posts

Como remover a tinta em óleo de superfícies?

Na arte da pintura em tela, temos uma certeza: sujar as mãos com o que mais gostamos de fazer. É natural que a tinta manche nossos dedos e até mesmo o espaço que utilizamos para desenvolver nossos quadros.

Mas Professor Costerus, meus móveis e objetos ficarão manchados? Não se vocês seguirem essas dicas simples que preparei nesse artigo. Afinal, nada melhor do que abusar da criatividade sem se preocupar com deixar manchas permanentes em móveis.

O primeiro passo é arrumar o seu local de trabalho, deixando as tintas e pincéis próximos do cavalete para pintura. Utilize também uma roupa leve, de preferência com um avental para evitar manchas e deixá-lo mais confortável no desenvolvimento de sua atividade.

Como já foi abordado aqui no blog, a tinta em óleo possui uma secagem mais lenta, ideal para que os artistas tenham tempo de realizarem correções em suas obras.

Ao derrubar a tinta num objeto ou móvel plástico, basta ter um pouco de óleo de linhaça. O óleo agirá como solvente e removerá a tinta de superfícies plásticas.

Pegue um pano e o umedeça com o óleo de linhaça, após remover o excesso da tinta com uma espátula, utilize o pano umedecido para retirar a mancha e pronto seus objetos estarão com o mesmo aspecto de antes. Demais né muleque?

Para remover a tinta das mãos, não é necessário gastar dinheiro para comprar um produto específico. Pode ser utilizado produtos que você já tem em casa a base de óleo, como: azeite, óleo de coco ou óleo essencial de limão siciliano.

Esfregue bem as mãos, tendo atenção nas áreas manchadas até que a tinta se dissolva, acrescente mais óleo se necessário. Logo após, lave bem as mãos com água e sabão e repita o processo, caso ainda tenha vestígios de tinta.

Conheça e aprenda mais dicas com o Método Costerus. Se inscreva no meu curso on-line e se aprimore cada dia mais nas artes plásticas clicando aqui.

 

Como posso ingressar nas artes plásticas?

Olá pessoal! A pintura em tela é uma das diversas formas de ingressar no universo das artes plásticas. Não desista de seu sonho e use sua criatividade para criar obras incríveis.
A primeira obra não será a dos seus sonhos e não há problema nenhum nisso. Afinal, a melhor parte é aprender novas técnicas, se aprimorar e evoluir a cada dia mais. Não é mesmo?
Estamos sempre em constante movimento e a arte expressa nossas sensações e sentimentos individuais e coletivos. Por isso é importante estar disposto a dar o primeiro passo para realizar os projetos artísticos que há tanto tempo você tem vontade de por em prática.

Mas Professor Costerus como posso começar? Com os itens básicos para a pintura em tela com tinta a óleo. Sempre indico para os meus alunos iniciantes a começarem pela tinta em óleo, para que coloquem em prática as técnicas de pintura e criem noções das cores que podem ser utilizadas para o resultado desejado.
Separe uma tela em branco pequena (20×30 cm); tintas a óleo básicas nas cores: vermelho, azul,branco e tons pastéis; pinceis de tamanhos diferentes; paleta para as tintas e não se esqueça do solvente e óleo de linhaça para diluir a tinta e fazer com que ela seque mais rápido. Confira a lista completa de materiais baixando meu ebook “Lista de Materiais para Iniciantes na Pintura em Tela”.
Faça um esboço no papel antes de transferi-lo para a tela, aprenda técnicas de pintura e mantenha o local e materiais organizados.

Aprenda técnicas desde o esboço, noções de espaço e perspectiva, mistura das cores e muito mais com meus cursos de pintura em tela clicando aqui.
Limpe seus pincéis após terminar a obra e lembre de tirar o excesso de tinta antes da aplicação na tela para resultado mais suave e natural. Crie, explore e conheça seus traços!

Exposições do Professor Marco Costerus

Oi pessoal! Professor Costerus aqui! No artigo anterior falei das Premiações mais importantes que eu recebi e espero que tenha servido de incentivo e inspiração pra muita gente. Hoje eu vou trazer aqui as exposições em que participei. 

As exposições de arte são muito importantes pra mim, pois foram lugares onde aprendi muitas coisas e coloquei muitas obras minhas para serem vistas pelas pessoas. O momento da exposição é um momento único e ver todo mundo ali admirando e comentando as minhas obras é realmente muito gratificante. 

Já tem anos que eu venho expondo o meu trabalho em galerias de arte e outros lugares, mundo afora. A primeira vez que coloquei obras em uma exposição foi em 1977 na Sty Art Galeria em Brasília mesmo, foi muito emocionante e me deixou mais animado ainda pra pintar mais. De lá pra cá já passei por exposições importantíssimas no memorial JK em 1988, na Câmara dos Deputados em 1989 e também no Senado Federal em 1990 e em 1992. Até hoje eu exponho sempre que tenho oportunidade, por ser uma forma de fazer as pessoas vivenciarem de perto o meu trabalho.

Exponha sempre que possível

Sempre que tiver oportunidade de expor a suas obras, faça isso também. Aproveite qualquer lugar, pode ser uma exposição de rua ou até mesmo uma galeria  pequena, isso vai te ajudar a se sentir motivado a mostrar o seu trabalho, compartilhar experiências e se aprofundar e aperfeiçoar mais ainda a sua pintura. Nas exposições geralmente temos três tipologias expográficas que são a permanente, temporária e itinerante.

Exposições_do_Professor_Marco_Costerus_2

Ao levarmos nossas obras para uma exposição temos de levar em conta algumas coisas, como o tema da exposição e se a sua obra se encaixa no conceito do conjunto que vai estar na mostra. E também outra coisa que nunca devemos esquecer é que exposição não é venda de quadros. Nunca se esqueça disso! Ah muleque! Gostou da minha história com exposições e tem vontade de expor as suas também? 

Conheça os meus cursos de pintura em tela onde eu ensino os primeiros passos para você se tornar um grande artista na pintura em tela, pois vai aprender técnicas valiosas e exclusivas. Clique aqui e saiba mais.

Eu vou deixar aqui também o meu ebook gratuito “Lista de Materiais para Iniciantes na Pintura em Telapra você pegar todos os materiais essenciais antes de começar na pintura em tela!

Exposições_do_Professor_Marco_Costerus_3