Posts

De que forma podemos aplicar referências?

Oi pessoal! Tudo bem com vocês?

Às vezes quando vamos à alguma exposição de arte ou olhamos uma obra na internet dá uma curiosidade de saber como aquilo foi criado, né? 

No artigo de hoje vamos esclarecer a diferença entre referência e cópia e como aplicar as referências de forma autêntica. Ah muleque!

De_que_Forma_ podemos_aplicar_referencias_Marco_Costerus

O ser humano sempre buscou pela capacidade de reprodução de suas obras, isso acabou originando a criação da impressora e na pintura o desenvolvimento da gravura, pois permitia que um mesmo original tivesse variadas cópias. A manifestação estética do ser humano trilha um caminho do chamado valor de culto ao chamado valor de exposição. Antigamente a arte visual tinha o valor de culto, por exemplo, uma arte sagrada era cultuada por sua originalidade sendo vista como autêntica e diferente. O valor de exposição acontece pela quantidade de vezes que a obra foi mostrada ou a popularidade que a obra carrega.

Referências nada mais são do que uma menção rápida de algo ou alguém. As referências são aplicadas na arte de diversas formas, como uma história que representa uma pintura, por exemplo o quadro a última ceia de Leonardo da Vinci foi inspirado por um trecho da bíblia sendo assim uma referência. Referência é diferente de cópia. 

Como podemos aplicar as referências da nossa vida na pintura em tela? As referências estão em todos os lugares. Uma lembrança pode ser uma referência, uma paisagem com montanhas, a rua com as pessoas passando, algo que você já viveu ou está vivendo, tudo é referência

Todos nós passamos por algum bloqueio criativo em algum momento da nossa vida, mas isso não significa que devemos copiar alguma obra que temos admiração. Busque inspiração em livros, viagens e músicas a ideia e as referências, vem de onde menos esperamos, você tem tudo para ser original e criativo, pois a autenticidade é um valor humano bastante valorizado por quem assiste ou observa o seu trabalho. Entender melhor o que você faz no mundo em que vive é uma ótima forma de saber o que quer mostrar a todos e qual o legado artístico deseja deixar. É extremamente emocionante ter suas obras inspiradas e não imitadas.

Referência é diferente de cópia. Você pode copiar uma obra para praticar, aprender uma técnica diferente ou apenas copiar por hobby, a partir do momento em que não se aproprie e tome a autoria dela. É totalmente normal o ser humano criar coisas parecidas, por isso, aprofundar o seu conteúdo e buscar cada vez mais ideias se torna cada vez mais importante.

Ah muleque! Pegou essa dica?

Você pode colocar as suas referências em prática na pintura em tela totalmente online com o meu curso INICIANDO COMO ARTISTA. Vamos nessa?

Marco Costerus e a conexão com a arte

Oi pessoal! Professor Costerus aqui! 

Quando eu me pego pensando no início da minha carreira na pintura eu sinto uma satisfação muito grande, pois foi com muito esforço e muita vontade que eu cheguei onde estou agora e isso é muito bacana. 

A minha conexão com a arte começou muito cedo quando eu era muito novo e muito menino, no colégio mesmo eu gostava de desenhar, representava no papel os desenhos animados da minha época. Quando eu completei 12 anos eu tinha uma professora de artes que percebeu que eu gostava de desenhar e me convidou para desenhar em Pirógrafo que é um instrumento feito para criar desenhos em couro através de uma ponta aquecida.

Marco_Costerus_e _a_conexão_com_a_arte_2

Com 14 anos eu conheci alguns artistas e logo depois quando ainda era menor de idade ganhei uma bolsa para estudar na Inglaterra, fiquei dois anos e foi um período muito proveitoso para o meu conhecimento, a turma se dirigia para alguns museus e lá a gente fazia releituras, de muitos pintores famosos e às vezes passava a madrugada pintando. Antes de voltar para o Brasil, decidi passar pela Itália porque para fazer aula com um mestre da escultura que era desenhista e pintor. Eu já realizei algumas esculturas e acredito que as artes estão todas integradas, a pintura com a escultura e por aí vai.

Os quadros falam da alma e na arte eu consigo colocar o sentimento e me expressar de uma forma magnífica. Estudei muito, desenhei muito e pintei muito, mas a vida é um constante aprendizado e na pintura também é assim, o aprendizado nunca acaba e não é bom ser pretensioso e se achar melhor pintor que os outros. Sempre você vai ter o que aprender não podemos perder a vontade. O artista que está iniciando na pintura necessita olhar para si e entender quais as suas emoções e sentimentos a serem expressados na tela. Porque arte sem sentimento não influencia e nem toca as outras pessoas.

A conexão com a arte está nos mínimos detalhes, se encontra nos sentimentos que você colocou na tela, a forma que se expressou, as cores e tons que você usou. É algo importante para encontrar a sua identidade visual e suas características. A arte mora dentro da gente.

Ah muleque? Pegou essas dicas?

Você que es lendo isso, com certeza pode se tornar um grande artista. Pode estar faltando colocar pra fora e desenvolver e eu estou aqui pra te ajudar. Nada é do dia para a noite e no começo parece que é você sozinho contra o mundo, mas depois muitas coisas vão se alinhando e tomando forma. Conheça o meu curso de pintura em tela e aprenda as técnicas e métodos para fortalecer a sua conexão com a arte. Clique aqui e saiba mais

Qual o seu estilo de pintura em tela?

Oi pessoal! Professor Costerus aqui! Neste artigo vamos falar um pouquinho sobre o estilo que você pode desenvolver na pintura em tela

Antes de começar a pintar, certamente existe um estilo no qual você se inspira e tem vontade de se aprofundar ou aprender. A pintura em tela evolui há muito tempo e de lá pra cá surgiram vários estilos e técnicas cada vez mais elaboradas e admiráveis

Antigamente os pintores realizavam suas obras, reclusos dentro de um ateliê, mas em um dado momento os artistas começaram a perceber que poderiam expandir o limite de suas obras indo pintar ao ar livre e isso originou o primeiro estilo que vamos falar o Impressionismo. Depois de um tempo que você estiver pintando, vai sentir a necessidade de desconstruir o que vem criando em tela e o Impressionismo é fruto dessa desconstrução a percepção do impressionismo assume o sentido de selecionar, recortar, modelar de acordo com o objeto que se observa diretamente e está ligado a paisagens e ao aqui e agora. Claude Monet e Renoir foram pintores desse estilo que influenciaram e continuam influenciando artistas até hoje. 

Pinturas no estilo Impressionista podem ser realizadas com qualquer material desde pincel, buxa ou até mesmo com o próprio dedo.

O Pontilhismo é uma técnica de pintura influenciada fortemente pelo movimento impressionista, em que pequenos pontos de cor causam, pela união, uma mistura óptica nos olhos do espectador, trazendo uma forma. Frequentemente demanda muito tempo, pois a base são pontos e os pontos vão tomando a forma do que deseja representar.

Outro tipo de estilo importante para trazer aqui é o estilo Naif. Esse estilo peculiar começou a chamar a atenção em Paris por volta de 1866. Ele não possui perspectiva, não tem luz e sombra, ele traz apenas um tipo de luz e geralmente carrega muitas cores. As obras no estilo Naif normalmente contam uma história e alimentam uma narrativa.

Não podemos esquecer do Cubismo né? Ele surgiu no início do século XX e trouxe às telas a representação de formas da natureza por meio de figuras geométricas. Foi um movimento inovador, que desconstruiu o ideal de perfeição das obras de arte na época. 

A aquarela também é um estilo de pintura, valorizado recentemente em que as tintas são dissolvidas em água, ou são utilizadas suspensas sobre o suporte. É usada desde sempre, pois as antigas civilizações antigas, usavam pigmentos com água para registrar informações da própria cultura.

E qual é o seu estilo? O que gosta de pintar? Auto-retrato, natureza morta ou paisagem? Para progredir na pintura em tela você tem que praticar regularmente. Esta é a melhor dica que eu posso proporcionar para vocês. É praticando que você percebe os diferentes estilos e técnicas, consequentemente descobrindo a sua identidade na pintura

Você pode descobrir o seu estilo, praticando  a pintura em tela totalmente online com o meu curso INICIANDO COMO ARTISTA. Vamos nessa? 

O que podemos aprender com paletas de cores?

Oi pessoal! No artigo anterior eu falei um pouquinho do que vamos ver no curso de pintura em tela MÉTODO COSTERUS. No texto de hoje eu vou contar para vocês, como as cores podem nos ajudar a fazer lindas composições.

Sempre nos encontramos refletindo em “qual mistura” ficará mais chamativa, quais cores agradam mais, quais cores deixar de usar. É preciso entender um pouco melhor sobre quais cores combinam entre si. O_que_podemos_aprender_com_paletas_de_cores_1

Na nossa infância umas das coisas que aprendemos é que várias cores de tinta são criadas a partir da mistura de outras cores, aprendendo sobre cores primárias, que são o vermelho, amarelo e azul. Geralmente aprendemos também sobre as cores quentes e frias.

A harmonização das cores reflete nos sentimentos e sensações. As cores possuem uma forte influência sobre a mente humana, provocando emoções e reações, por exemplo: as cores vermelho e amarelo, no momento em que são usadas juntas incentivam o apetite, ansiedade e a tonalidade branca que é utilizada, na maioria das vezes, como uma cor de fundo, já que transmite uma sensação de limpeza e tranquilidade. As cores podem entrar em acordo para conceber esses efeitos, por exemplo, pode se fazer, com correta combinação, um ambiente mais leve, uma pintura mais afetiva, desde que usemos tons de cores proporcionais e relacionadas. Tonalidades devem ser bem escolhidas para criar uma imagem agradável e harmônica medindo a intensidade nos elementos que são inseridas. Não existem regras sobre combinações de cores, tudo depende do objetivo que você pretende chegar.

A teoria das cores foi estudada por diversos artistas renascentistas como Leonardo da Vinci e Caravaggio. Cores frias em que o azul e o verde predominam criam sensações de calma, de energia e tranquilidade e são geralmente usadas para representar árvores ou oceano. Nas cores quentes predominam o vermelho, amarelo, laranja, rosa e roxo são usadas para representar calor, proximidade, o sol ou o outono. 

Outro ponto que devemos nos atentar é em relação ao contraste entre as cores que também é um elemento bastante utilizado para trazer vida a pintura, visto que, ele aumenta ou diminui regularmente conforme a ordem e a qualidade das cores do arranjo do quadro, afetando proporcionalmente o tom, a luminosidade e a temperatura.

Precisamos conhecer as cores, experimentar e usar as combinações sempre que possível, pois a utilização esteticamente agradável torna fácil a mensagem que queremos transmitir. Utilize o seu senso crítico para criar obras fabulosas com as cores. 

Ah muleque! Vamos nessa? Vem praticar a arte da pintura em tela no curso online MÉTODO COSTERUS, invista em você! Clique aqui

Pintura em Tela como Terapia

A pintura em tela é um dos pilares da arteterapia, a ciência que traz os benefícios da arte para a saúde mental. É usada principalmente para ajudar pacientes com algum tipo de dificuldade psicológica como, por exemplo, obstáculos para se expressar e conflitos emocionais e podem ser tratados através da pintura em tela, pois o pintor se envolve num tipo de meditação. Pintura_em_tela_como_terapia_1

A arte favorece a imersão da mente

Pessoas tímidas e retraídas que possuem dificuldades em se comunicar podem ter diversas melhorias com a pintura em tela por serem capazes de destravar a criatividade e expressar as suas emoções e sensações na tela.

Usar um instrumento como uma aquarela, lápis ou pincel desenvolve a motricidade e conexões cerebrais. Nos adultos, reduz a ansiedade, nas crianças se desenvolve a coordenação motora e ameniza o déficit de atenção em alguns casos, estimulando a criatividade e nos idosos, melhora a paciência, raciocínio e os movimentos da mão.

A pintura em tela permite ao indivíduo se desligar do mundo e se concentrar nos traços, nos desenhos, formas e cores. Necessita de concentração, pois é um trabalho delicado e cuidadoso. Por isso exercita e melhora o foco e a atenção.

Quando o ambiente da pintura em tela se encontra em um lugar aconchegante, alegre e agradável, pessoas com traumas podem ter a autoestima ressignificada, podendo alcançar grandes realizações pessoais sendo capaz de voltar a vida social e até mesmo tratarem a depressão.

A pintura em tela estimula as pessoas num processo de transformação, reflexão e formação e traz o redescobrimento do próprio ser, podendo se tornar até mesmo um hobby

De forma simples você pode começar a pintura em tela como terapia, conheça os meus cursos introdutórios para fazer dentro da sua casa mesmo, sem complicação: https://www.costerus.com.br/cursos-de-pintura/

A muleque, bacana né? 

Está iniciando a sua trajetória na arte ou tem vontade de aprender pintura em tela? Baixe o ebook “Lista de Material para Iniciante na Pintura e acompanhe o meu canal com dicas para  e muito conteúdo.

Arte como Profissão

Eu tenho certeza que você já pensou em algum momento da vida nessas seguintes frases: Eu trabalho, sou casado não tenho tempo de me dedicar a arte, não tenho materiais e nem sei por onde posso começar. Esse tipo de frase é bem comum pra quem tem no mínimo um leve interesse em levar a arte como profissão. O que eu posso te antecipar é não tem problema, pois no momento que você puder se dedicar num dia de folga ou qualquer tempo livre, pode botar pra quebrar. Não importa a sua idade ou condição física, pois o que você não pode deixar de fazer é se arriscar.

Arte é paixão e você pode se tornar um grande artista com esforço, dedicação e com certeza muito trabalho. Se você realmente quer levar a arte como profissão, deve perder o receio da incerteza.

Não existe uma fórmula de sucesso em nenhum trabalho, entretanto o que podemos fazer é refletir sobre o papel do artista no mundo até porque a arte é o que nos faz humanos.

No começo, muitas vezes passamos por dificuldades que quase nos fazem desistir por isso divulgue o seu nome quanto antes. Você também pode criar um site e uma galeria virtual nas redes sociais como o Facebook ou Instagram para divulgar o seu trabalho, quem ver e gostar, certamente vai apoiar e isso é muito bacana. Outra forma de divulgação é expor na rua mesmo, em algum centro artístico, ou até mesmo no centro da cidade. Arte_como profissão_ Marco_Costerus_2

Possivelmente é muito difícil saber quanto cobrar por um quadro. Muitos artistas que estão começando, acabam precificando uma obra por um valor muito baixo dificultando suas carreiras. Você deve escolher um preço justo para os seus quadros. Se planejar a sua presença online e apresentar um conceito artístico coerente para seus seguidores, é bem capaz de alguém encomendar uma arte de sua autoria em algum momento.

A escolha de ser artista traz a certeza de que fazer arte é vital e essencial para a humanidade porque a arte possui nossa essência, nossa história, nossas emoções e traz leveza e prazer para quem sabe apreciar

Se alguém te perguntar a sua profissão fale com orgulho: Sou artista!

Ah! muleque! Estamos juntos! 

Confira o ebook que eu fiz especialmente pra você ver que começar na pintura em tela não é um bicho de 7 cabeças: Clique Aqui

Conheça os meus cursos de Pintura em Tela

DIA MUNDIAL DO DESENHISTA

COMO QUEIMAR A TELA (IMPRIMATURA) PASSO A PASSO

Olá,

Eu sou o Professor Costerus e vou te ensinar Como QUEIMAR A TELA,  que é o que chamamos de Imprimatura da Tela. Muitas pessoas querem saber por que é preciso queimar a tela.

Ao aplicar uma cor sobre algo que está muito reluzente, você pode acabar sendo iludido por essa claridade sem que nem perceba, é o que pode acontecer com a tela em branco. Todos os Mestres queimam suas telas.

Para que VOCÊ evite o trabalho de queimar uma tela todas as vezes que iniciar uma pintura, faça a imprimatura em mais de uma tela por vez.

Mas joga fora o isqueiro e fósforo porque essa é uma forma de preparação da tela ou do cartão para receber a pintura.

Continue lendo este post e saiba mais sobre:

  • Como queimar a tela com tinta acrílica
  • Como queimar a tela com betume

01-tinta-acrilica-imprimatura-queimar-a-tela-professor-costerusCOMO QUEIMAR A TELA COM TINTA  ACRÍLICA

As tinta acrílica são feitas à base d’água e não passam pelo mesmo processo das tintas óleos, que recebem a adição de terebentina, ou óleo de linhaça, ou ECOSOLV, ou querosene.

Observe o tamanho da tela a ser queimada e faça uma pequena mistura utilizando:

1/4 de Tinta e 3/4 de água

Deve-se utilizar uma quantidade maior de água em relação a quantidade de tinta para fazer a mistura. Caso VOCÊ não faça essa adição de água de maneira correta, após seca, a aplicação dessa mistura criará uma uma película plástica na tela, fazendo com que a tinta não seja fixada no momento da pintura.

Qualquer cor pode ser utilizada para queimar, mas evite cores muito escuras. Eu tenho alguns alunos que queimam a tela com a cores Amarelo de Nápoles, Ocre e Terra Siena Natural. Mas eu prefiro queimar a tela utilizando a tinta Gris Neutro, que é um cinza bem “clarinho” e acrescento um pouco de Terra Siena Natural.  Faço a mistura dessas tintas com água e passo na minha tela, sempre lembrando da quantidade certa que a mistura deve receber.

A aplicação da mistura pode ser feita com uma Trincha de 1 polegada, um pincel de pintura encontrado em lojas de material de construção. Esse pincel é geralmente utilizado para fazer acabamentos de pintura em tetos.

A tela pode ser preenchida em qualquer direção, não é preciso ficar “lisinho” ou fazer a aplicação com um rolinho, o importante é cobrir toda a tela e colocá-la para secar por 5 ou 10 minutos no máximo.

02-betume-imprimatura-queimar-a-tela-professor-costerus

COMO QUEIMAR A TELA COM BETUME

O Betume é um líquido escuro e de alta viscosidade utilizado nas aplicações em madeiras para dar um ar de envelhecimento.

Antes de aplicar o Betume na tela VOCÊ deve diluí-lo com ECOSOLV ou Querosene Inodoro para que não fique muito forte. O betume puro é quase preto e não devemos queimar a tela com a cor preta, salvo em algumas exceções, como em temas “noturnos”, que eu vou mostrar em uma outra oportunidade.

Para a mistura com betume utiliza a água do mesmo modo da tinta acrílica:

1/4 de betume e 3/4 de solvente

Após misturar bem aplique na tela. Então você vai perceber que a tela vai ficar manchada, ou seja, apresentará umas partes mais escuras e outras mais claras. Ela não vai ficar homogênea e esse é ponto, então coloque-a para secar.

Quando você for trabalhar a tela, a aplicação do betume vai dar um ar de envelhecido ótimo para compor Casarios Barrocos (Ouro Preto, Mariana, Congonhas e outros). O betume também permeabiliza a tela e ajuda na finalização.

Arte como Hobby

Atualmente estamos vivendo num mundo de informação exageradamente conectados. Uma forma de se desvencilhar um pouco disso é aderindo a um novo passatempo.

Um hobby pode manifestar-se de várias formas: atividade prática (culinária, esporte, modelagem) e na arte não poderia ser diferente.

A pintura em tela é muito procurada por pessoas que buscam aperfeiçoamento para a produção de seus quadros, mas também é uma forma de diversão.

Inserindo as formas e cenários da sua imaginação

 

Sabe aquela viagem perfeita que você fez e não tirou a bela paisagem de algum passeio da sua mente? Na pintura você pode representar de forma fiel essa imagem que ficou guardada na sua cabeça ou o mais próximo possível. A imaginação humana também toma forma na tela de diferentes maneiras, seja algum cenário que você criou na sua cabeça, sonhos ou até mesmo lembranças da infância. A diversão da pintura chega até você pela sensação renovadora das pinceladas ou o sentimento de extravasar aquela emoção acumulada. 

 

Você pode prevenir o sentimento de procrastinação, pois com um bom passatempo, é mais difícil perder seu tempo com atividades dispensáveis ou até estressantes.

 

Mais importante que o fato de ganhar ou não dinheiro, o hobby permite exercitar habilidades e conhecimentos que não costumam estar em sua função principal. Você pode praticar a pintura em tela como hobby independente da sua profissão. 

 

Comece desenhando com um lápis ou fazendo traços num papel: Primeiro uma linha horizontal depois uma linha vertical, uma inclinada para a esquerda outra para a direita ou você pode inverter, esse exercício ajuda a descobrir qual lado você gosta mais, pois tudo é treinamento

 

Mostre o seu hobby

 

Não há nada mais motivador do que mostrar o seu passatempo e as pessoas reagirem de forma positiva, gostando, elogiando e apoiando. Você pode expor a sua pintura em tela, seja em casa ou até mesmo nas redes sociais, o que vale é se divertir. 

 

Falando em diversão, o que você anda fazendo nessa quarentena?

 

Você tem interesse em aprender as técnicas da pintura em tela? Baixe o ebook “Lista de Material para Iniciante na Pintura”, entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos. 

 

Pega bem isso aí que é importante!